Category: Documentos de Alkania

O sistema de Silks

Por Master Christian Sword of GOR <chistiansword@gmail.com>

 

Quando se vive um estilo de vida contratual, como é o Estilo de Vida Goreano, no qual os acordos que envolvem cada relação são claramente estabelecidos e muitas vezes escritos, é necessário que aspectos mais realísticos sejam refletidos na organização formal das relações.

 

Se no mundo real é impossível que alguém passe de desconhecido a íntimo sem um processo de evolução do relacionamento, se faz necessário que um processo análogo ocorra na relação Master-kajira no Estilo de Vida Goreano.

 

Alkania desenvolveu o que passou a ser chamado de “O Sistema de Silks”, para formatar e regulamentar a evolução das relações. O Sistema de Silks foi inspirado nas expressões “white silk” (virgem) e “red silk” (não virgem) utilizadas nas Crônicas da Contra Terra.

 

Assim, o Sistema de Silks serve para explicitar a evolução da relação Master-kajira em Alkania e em nada se relaciona com o significado utilizado nas Crônicas.

 

O Sistema de Silks é composto por cinco níveis de relacionamento chamados:

 

  • Silkless
  • Gray Silk
  • White Silk
  • Colored Silk
  • Black Silk

 

Todas as kajirae em relacionamentos com Masters de Alkania estão em alguma dessas fases da relação e sempre iniciam como Silkless, podendo progredir através do Sistema dependendo da evolução da relação e do desejo de ambos, Master e kajira.

 

Para a melhor compreensão do sistema serão apresentados para cada silk três metáforas, que a comparam a outras relações, a saber: A metáfora Goreana, que compara a silk a um tipo de relação presente nas Crônicas da Contra Terra; a metáfora BDSM, que compara a silk a uma relação D/s no BDSM e a metáfora baunilha, que compara a silk a uma relação convencional. Como toda metáfora, a comparação não é perfeita e nem sem aproximações, devendo ser entendida apenas como auxiliar na compreensão do tipo de relação que é descrito pela própria silk;

 

A seguir serão apresentadas as descrições de cada silk:

 

SILKLESS

No estágio SILKLESS a relação D/s é limitada ao período da sessão. Não existe vínculo formal entre a kajira e o Master.

 

Dessa forma, nenhum dos dois deve nada ao outro nem assume responsabilidade pelas ações do outro. Exceto as ocorridas ou decorrentes dos atos praticados na própria sessão. Por esse motivo, a SILKLESS é livre para ter ou procurar outros relacionamentos sem nenhuma interferência do Master, bem como ela mantém toda a autoridade e responsabilidade por suas escolhas e ações.

 

A duração mínima do estado de SILKLESS é de 10 encontros e dois meses.

Metáfora goreana: tavern slave

Metáfora BDSM: Eventual/Avulsa/em negociação

Metáfora baunilha: amigos com benefício

Caso haja interesse tanto do Master como da kajira, caso a relação evolua e caso o comportamento da kajira esteja pelo menos nos padrões da próxima silk, a kajira poderá eventualmente progredir para a Gray Silk

 

GRAY SILK

No estado de GRAY SILK a D/s é limitada, não devendo ser exercida sobre aspectos pessoais da vida da kajira, tais como trabalho, família, vida financeira, crenças religiosas, filosóficas ou políticas e uso do tempo. A menos que a própria kajira solicite, e mesmo nesses casos, somente de forma consultiva.

 

A GRAY SILK não pode buscar outras relações de natureza fetichista, mas pode buscar e manter relacionamentos “baunilha” desde que TODOS os envolvidos estejam cientes e de acordo.

 

Ela poderá, caso seja o desejo dela e de seu Master, receber o treinamento de kajira de 1ª fase, segundo o protocolo de treinamento de Alkania.

 

A duração mínima do estado de GRAY SILK é de quatro meses e 6 Serves, não sendo permitidas mais de 2 faltas consecutivas em relação à escala definida antecipadamente pelo Master.

 

A kajira GRAY SILK tem os privilégios de:

 

  • Utilizar coleira sem o símbolo do Master
  • Chamar o Master de Dono
  • Sufixar o seu nick com _ seguido de uma identificação do Master

Ex: anya_CSoG; babi_HA

 

Metáfora goreana: Self contracted slave

Metáfora BDSM: Play partner/in service to

Metáfora baunilha: “ficante”

Caso haja interesse tanto do Master como da kajira, caso a relação evolua, caso a kajira tenha concluído a 1ª fase do treinamento e caso o comportamento da kajira esteja pelo menos nos padrões da próxima silk, a kajira poderá eventualmente progredir para a White Silk.

 

 

 

WHITE SILK

No estado de WHITE SILK a D/s é menos limitada que na silk anterior e ainda é limitada não devendo ser exercida sobre os seguintes aspectos pessoais da vida da kajira: trabalho, família, vida financeira, crenças religiosas ou políticas; a menos que a própria kajira solicite, e mesmo nesses casos, somente de forma consultiva.

 

O início da fase de WHITE SILIK será marcado por uma cerimônia de encoleiramento testemunhada por um Scribe de Alkania.

 

A WHITE SILK não pode buscar outras relações de natureza fetichista nem baunilha, sendo sexualmente exclusiva de seu Master (ou por sua autorização explícita).

 

Na fase de WHITE SILK a kajira receberá o treinamento completo de sua casa, que deverá estar de acordo com os padrões de treinamento mínimo de Alkania. Ao final do treinamento ela será avaliada por uma banca de 3 Masters de Alkania que avaliarão se ela está apta apara ser promovida à próxima silk.

 

A duração mínima do estado de WHITE SILK é de dois meses por fase de treinamento (perfazendo um mínimo de 8  meses segundo o sistema de treinamento mínimo de Alkania)

 

A kajira WHITE SILK tem todos os privilégios da GRAY SILK e os seguintes privilégios adicionais:

 

  • Utilizar coleira com o símbolo do Master
  • Utilizar coleira social
  • Sufixar o seu nick com uma identificação do Master entre chaves { }

Ex: anya{CSoG}; amy{HYDE}

 

Metáfora goreana: barbarian kajira

Metáfora BDSM: submissive/kajira of

Metáfora baunilha: namoro

A WHITE SILK é a única silk com término automático que depende apenas da conclusão do treinamento e da avaliação da banca para a progressão para a próxima silk.

 

COLORED SILK

A COLORED SILK é convertida para uma cor segundo a casta do Master:

Scribes: BLUE SILK

Builders: YELLOW SILK

Physicians: GREEN SILK

Warriors: RED SILK

Low Castes: BROWN SILK

kajira da cidade: PURPLE SILK

 

A COLORED SILK é a kajira treinada e tem as mesmas características da WHITE SILK

 

O início da COLORED SILK é marcado por uma cerimônia de confirmação de coleira que se seguirá a declaração de aprovada por parte da banca. Essa cerimônia deverá ser repetida anualmente com o intuito de confirmar o compromisso representado pela coleira.

 

A COLORED SILK não pode buscar outras relações de natureza fetichista nem baunilha, sendo sexualmente exclusiva de seu Master (ou por sua autorização explícita).

 

A duração mínima do estado de COLORED SILK é de um ano.

 

A kajira COLORED SILK tem todos os privilégios da WHITE SILK e o seguinte privilégio adicional:

 

  • Uso de aliança de compromisso em aço ou metal equivalente.

 

Metáfora goreana: trained kajira

Metáfora BDSM: submissive/kajira of

Metáfora baunilha: compromisso / noivado

Caso haja interesse tanto do Master como da kajira, caso a relação evolua envolvendo aspectos românticos além da própria D/s e caso o comportamento da kajira esteja pelo menos nos padrões da próxima silk, a kajira poderá eventualmente progredir para a Black Silk.

 

BLACK SILK

No estado de BLACK SILK a kajira terá uma relação D/s sem limites com seu Master e será a silk de maior exigência em termos de obediência e demais comportamentos.

 

O início da BLACK SILK é marcado por uma cerimônia de confirmação de coleira. Essa cerimônia deverá ser repetida anualmente com o intuito de confirmar o compromisso representado pela coleira.

 

A BLACK SILK não pode buscar nenhuma outra relação de natureza afetiva, erótica ou fetichista fora de sua própria Casa.

 

A kajira BLACK SILK tem todos os privilégios da COLORED SILK e os seguintes privilégios adicionais:

 

  • Morar com o Master
  • Utilizar “aliaça de casamento”
  • Sufixar o seu nick com “de” seguido do Nome do Master

Ex: anya de Chrisitian Sword; amy de HYDE

 

Metáfora Goreana: real kajira

Metáfora BDSM: 24/7

Metáfora baunilha: casamento

 

 

Finalmente, para fins de organização, existem três agrupamentos de silks que poder ser utilizados:

 

Low silks: SILKLESS e GRAY SILK

High silks: WHITE SILK, COLORED SILK e BLACK SILK

Silked: GRAY SILK, WHITE SILK, COLORED SILK e BLACK SILK

 

 

São Paulo, 25 de Maio de 2017


Estatuto Geral do Grupo Goreano “Cidade de Alkania”

Grupo Goreano “Cidade de Alkania”
Estatuto Geral

Revisão de 10 de Abril de 2009

 

“Al-ka eh a primeira letra do alfabeto goreano e é usada com indicação de primazia. A cidade de Alkania é o primeiro grupo goreano brasileiro completamente baseado na filosofia goreana.”

1. Objetivo

Os Objetivos do grupo são:

1º Estudar a filosofia goreana inspirada nas “Cronicas da Contra-Terra” de John Norman.
2º Proteger e Divulgar a filosofia goreana.
3º Vivenciar o estilo de vida goreano, doravante referido como “Gorean lifestyle”, com enfase na coerência com filosofia goreana exercitando, no que não se opuser a própria filosofia, a forma de vida e cultura inspirada nas “Crônicas da Contra-Terra”

 

2. Da composição do grupo

2.1. O grupo será organizado com inspiração no modelo da cidade goreana de Ko-ro-ba como descrito em “Tarnsmen of GOR”.
2.2. O grupo será composto por Casas Goreanas.
2.3. Cada Casa Goreana será classificada como “Plena”, “Em Consolidação” ou “Em Formação” de acordo com a patente de seu líder que pode ser: “Comander of a Tousand”, “Comander of a Hundred” ou “Comander of Ten”.
2.4. A Casa Goreana será composta por um Master e suas escravas. A casa poderá ter visitantes sob a sua proteção e será responsável pelas ações destes.
2.5. Cada Casa Goreana tem o direito de estabelecer suas próprias normas de conduta desde que não sejam incompatíveis com as normas gerais da cidade.

 

3. Da estrutura organizacional

3.1. O grupo tem três instâncias organizacionais, a saber: O Administrador Geral, O Conselho Goreano e O Conselho de Casas

3.2. O Administrador Geral
3.2.1. Será sempre membro do Conselho Goreano.
3.2.2. Seu mandato será por tempo indeterminado.
3.2.3. Representa os poderes Execuivo e Judiciário.

3.2.4. Suas atribuições consistem na gestão do dia a dia do grupo e na resolução de impasses no Conselho Goreano ou no âmbito da Cidade.
3.2.5. Em circunstâncias excepcionais o Administrador Geral de Alkania assume o Título de “Ubar” com autoridade para resolver autonomamente as questões pendentes, devendo retornar ao uso do Título de “Administrador Geral” em seguida.

3.3. O Conselho Goreano da cidade de Alkania
3.3.1 É composto por no máximo 4 membros mais o Administrador.
3.3.1.1. Só poderão ser membros do Conselho Goreano, Masters com título de “Comander of a Tousand”
3.3.1.2. Cada uma das quatro castas altas reconhecidas por Alkania, a saber as castas dos Scribes, Builders, Physicians e Warriors, terá direito a uma cadeira no Conselho Goreano que será ocupada pelo ancião da Casta.

3.3.1.3. O mandato do ancião será por tempo indeterminado.
3.3.1.4. A posição de ancião de cada Casta será definida por critério de antiguidade na Casta e Patente.

3.3.2. As votações do conselho são sempre por maioria simples (50% mais um com arredondamento pra cima); em caso de impasse cabe ao administrador geral a decisão final.
3.3.3. Representa os Poderes Legislativo e Judiciário complementando no poder Judiciário, quando necessário, a atuação do Administrador.

3.3.4. Cabe ao Conselho Goreano as interpretações da Filosofia Goreana com base nas “Cronicas da Contra-Terra” e na literatura subjacente que poderão ser utilizadas como fonte de jurisprudência e incorporadas ao Regimento da Cidade
3.3.5. Cabe ao conselho as decisões sobre os usos, normas e costumes (“legislação consuetudinária”) do grupo bem com a composição e alteração, em qualquer tempo, do Regimento Interno de Alkania.
3.4. O Conselho de Casas
3.4.1. O Conselho de Casas é composto por todas as casas da cidade de Alkania.
3.4.2. As votações soberanas do Conselho de Casas é por unanimidade sempre em votação aberta.
3.4.3. Cabe ao Conselho de Casas as decisões sobre entradas e saídas do grupo.

3.4.4. Cabe ao Conselho de Casas as decisões sobre o status de Outlaw, aplicável somente a não membros.

3.4.5. Nos casos de consultas do Administrador ao Conselho de Casas a votação se dá por maioria simples.

4. Do acesso ao grupo

4.1. O acesso ao grupo se dará sempre mediate a proposta por parte de uma casa do Conselho de Casas e após um período de conhecimento, pelo grupo, da casa candidata.
4.2. O acesso se dará por votação aberta do Conselho de Casas e somente por unanimidade sem a presença da casa interessada.
4.3. A casa responsável pela convite de uma nova casa tem responsabilidade permanente pela nova casa, sendo denominada Casa Tutora.
4.3.1. Em caso de repreensão a uma casa a Casa Tutora será sempre parte do processo de julgamento e repreensão.

5. Da saída do grupo

5.1. A saída do grupo se dará sempre após pelo menos três repreensões.

5.1.1. A primeira repreensão será feita pelo Adminstrador na presença da Casa Tutora.
5.1.2. A segunda repreensão será feita pelo Adminstrador na na presença da Casa Tutora e do Conselho de Alkania.

5.1.3. A terceira repreensão será feita pelo Administrador Geral na presença do Conselho de Casas.
5.2. A saída se dará por votação aberta do Conselho de Casas, a partir da terceira repreensão, por maioria simples sem a presença da casa interessada.